Take a fresh look at your lifestyle.

Proibição de despejo é prorrogada até 30 de Junho

Ordem de despejo

O Centro para Controle e Prevenção de Doença (CDC) estendeu a moratória federal sobre despejo por falta de pagamento de aluguel até 30 de junho. Esta é a terceira vez que o prazo para o levantamento da proibição foi adiado, trazendo alívio para dezenas de milhões de inquilinos que lutam para recuperar o atraso.

A ordem inicial do CDC entrou em vigor em setembro do ano passado e estava programada para expirar no final de 2020. Mas então, em dezembro, a proteção foi estendida até 31 de janeiro. Como um de seus primeiros atos no cargo, o presidente Joe Biden convocou o CDC estender a proibição até 31 de março, e agora o prazo está sendo prorrogado mais uma vez.

“A pandemia de Covid-19 representa uma ameaça histórica à saúde pública do país. Manter as pessoas em suas casas e fora de ambientes lotados, como abrigos para sem-teto, evitando despejos é um passo fundamental para ajudar a impedir a disseminação de Covid- 19”, disse Rochelle Walensky, diretora do CDC.

Mais de $50 bilhões de auxílio federal de aluguel foram reservados para locatários no recente pacote de estímulo. Estima-se que 12 milhões de locatários estavam atrasados no aluguel em meados de março, de acordo com uma análise do senso feita pelo Center on Budget and Policy Priorities. Os locatários do país deviam cerca de US $ 57 bilhões em aluguel atrasado em janeiro, de acordo com um relatório da Moody’s Analytics.

Entretanto, grupos de locadores continuam a dizer que a moratória de despejo do CDC representa uma carga enorme para os proprietários, sendo que alguns não vêem os pagamentos dos inquilinos há um ano.

Alguns tribunais ao redor do país estão corroborando com os proprietários. Um juiz federal em Ohio decidiu que o CDC havia ultrapassado sua autoridade ao publicar uma proibição de despejo em todo o país. Já o Departamento de Justiça está apelando de uma decisão de um juiz federal no Texas declarando que a moratória federal sobre despejos é inconstitucional.

A proibição federal de despejo oferece proteção a locatários em dificuldades que apresentaram ao proprietário uma declaração de que não podem pagar o aluguel, mas a moratória não isenta do pagamento. Uma vez suspensa a proibição, espera-se que os locatários paguem todo o aluguel atrasado ou estabeleçam um plano de pagamento com o proprietário. Caso contrário, eles podem perder sua casa.

Flórida

O juiz do Circuito de Broward Jack Tuter, que ajudou a criar um programa para disponibilizar fundos de assistência de aluguel para inquilinos e proprietários que concordam em participar da mediação, disse que cerca de 2.488 casos de despejo estão pendentes no condado.

Em fevereiro, a prefeita de Miami-Dade, Daniella Levine Casa, disse que mais de seis mil casos de despejo foram apoiados no sistema judicial de seu condado.

Miami-Dade, que recebeu US$ 60 milhões, aceitou inscrições através de seu site entre 1º de março e 15 de março e recentemente contratou uma empresa de consultoria para verificar a elegibilidade de inquilinos.

O Condado de Palm Beach abriu seu portal de inscrição em 10 de março, mas foi fechado logo dois dias depois devido ao alto volume de acesso. Segundo um porta-voz, o site está programado para reabrir em 1º de abril. Até agora, 1.375 pedidos foram recebidos para assistência de aluguel.

O Department of Children and Families da Flórida, designado pelo governador Ron DeSantis para distribuir $ 871 milhões a inquilinos em todo o estado, ainda está no processo de solicitar um fornecedor externo para executar esse programa, disse a porta-voz do departamento, DaMonica Smith, na semana passada.

Para ser elegível à proteção sob a última extensão da moratória de despejo, os locatários devem ganhar até $ 198.000 anualmente para casais que façam a declaração em conjunto, ou até $ 99.000 para declarantes únicos; demonstrar que eles procuraram ajuda do governo para pagar o aluguel; declarar que eles não podem pagar por causa das dificuldades COVID-19; e afirmar que correm risco de se tornarem sem-teto em caso de despejo.

CNN / Sun Sentinel

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais