Take a fresh look at your lifestyle.

Presidente das Filipinas é repudiado após chamar Deus de “estúpido”




Presidente das Filipinas é repudiado após chamar Deus de “estúpido”

<span style="font-weight: 400">O presidente das </span><span style="color: #800000"><a style="color: #800000" href="https://guiame.com.br/gospel/noticias/muculmano-esconde-64-cristaos-em-sua-casa-para-protege-los-de-terroristas.html"><strong>Filipinas</strong></a></span><span style="font-weight: 400">, Rodrigo Duterte, causou indigna&ccedil;&atilde;o entre a popula&ccedil;&atilde;o de seu pa&iacute;s ap&oacute;s chamar Deus de &ldquo;est&uacute;pido&rdquo;. Seu discurso blasfemo foi televisionado na &uacute;ltima sexta-feira (22). </span>

O político questionou o relato bíblico de Adão e Eva, que cometeram pecado após comerem do fruto proibido. “Quem é esse Deus estúpido? Esse filho da p… é realmente muito estúpido”, disse o líder de 73 anos. “Você criou algo perfeito e então pensa em um acontecimento que poderia tentar e destruir a qualidade de seu trabalho”.

Duterte também criticou o conceito de pecado original, segundo o qual todos os seres humanos foram separados de Deus após o pecado cometido por Adão e Eva. “Você não nasceu ainda, mas tem o pecado original. Que tipo de religião é essa? Eu não posso aceitar isso”, comentou.

O presidente filipino foi amplamente criticado por seus comentários, já que 80% da população das Filipinas é católica e 10% pertence a outras denominações cristãs.

O senador da oposição Antonio Trillanes IV descreveu o presidente como “um homem mau”. “É o cúmulo da arrogância do poder não apenas desrespeitar e cuspir na fé de um indivíduo, mas também agir como se ele fosse um Deus” , declarou em nota.

A Conferência dos Bispos Católicos das Filipinas reprovou Duterte por “atacar as crenças cristãs” em uma declaração publicada nesta segunda-feira (25). “A declaração de Duterte contra Deus e a Bíblia revela novamente que ele é uma aberração psicológica, um psicopata, uma mente anormal que não deveria ter sido eleita como presidente de nossa nação civilizada e cristã”, disse o bispo católico Arturo Bastes.

“Meu Deus é real e Ele está vivo”, destacou o senador Joel Villanueva, que também é filho de um evangelista cristão. “Oramos para que o presidente seja iluminado”.

O porta-voz do presidente, Harry Roque, disse na segunda-feira que Duterte estava apenas expressando suas convicções pessoais. Ele justificou o discurso do presidente alegando que o líder filipino foi abusado sexualmente por um padre quando era criança.

Não é a primeira vez que Duterte faz críticas à ícones religiosos. Quando era candidato à presidência, ele xingou o Papa Francisco por ter causado engarrafamentos em sua visita às Filipinas em 2015.

Criado como católico, Duterte declarou em 2016 que não ia à missa e que a religião iria entrar em conflito com seus deveres políticos. Mais tarde naquele ano, ele afirmou que era cristão, mas também declarou: “Eu acredito em um Deus, Alá”.





Source link

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais