Take a fresh look at your lifestyle.

Polícia Civil do DF abre inquérito para investigar Sérgio Reis

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) abriu um inquérito para investigar cantor Sérgio Reis, segundo informações do portal Congresso Em Foco.

No último sábado (14), o sertanejo divulgou um vídeo convocando uma paralisação de caminhoneiros em apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Em tom incisivo, Reis prometeu ‘parar’ o país nos próximos dias.

“Nós vamos parar  por 72 horas”, disse, na ocasião.

Segundo ele, se o clamor da população não fosse atendido, “ninguém [vai] andar no país. Não vai ter caminhão nem para trazer feijão para vocês aqui dentro. Vai parar porto, vai parar tudo. E não é só Brasília, é o país”.

“Se em 30 dias não tirarem aqueles caras nós vamos invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra. Pronto. É assim que vai ser. E a coisa tá séria”, sustentou o cantor, em gravações publicadas nas redes sociais.

De acordo com o delegado Leonardo de Castro, da divisão de Combate à Corrupção (Decor), Reis será investigado pela prática de, pelo menos, três crimes.

“O objetivo é investigar suposta associação criminosa voltada para a prática de alguns crimes, da qual ele seria integrante”, afirmou ele, segundo o site.

“Ele será investigado pelos crimes de ameaça (art. 147 do CP), dano (art. 163 do CP) e atentado contra a segurança de meio de transporte (art. 262 do CP)”, acrescentou.

Com isso, Reis deve ser acionado para prestar depoimento nos próximos dias.

Conexão Política/ Zip Gospel

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais