Take a fresh look at your lifestyle.

Michelle Obama ataca Trump em favor de Biden

Ex- primeira dama Michele Obama contra o atual presidente Trump

Ex-primeira-dama Michelle Obama lançou uma série de ataques violentos contra Presidente Trump na terça-feira.

Descrevendo suas políticas como “racistas” e acusando-o de colocar em risco vidas americanas com seu comportamento durante a pandemia.

Obama, que raramente se envolve nas lutas políticas do dia a dia, disse em um vídeo de 24 minutos que pretendia ser um “argumento final” para os eleitores comparecerem ao candidato democrata à presidência Joe Biden que os EUA caíram no “caos” porque o “presidente não está à altura do trabalho”.

Sem mencionar o diagnóstico de coronavírus de Trump, Obama acusou o presidente de tentar “iluminar o povo americano agindo como se esta pandemia não fosse uma ameaça real”.

A ex-primeira-dama também acusou Trump de “alimentar temores sobre americanos negros e pardos” com sua retórica “racista”.

Obama pediu “empatia” aos americanos brancos, dizendo que, como mulher negra, ela teme que o racismo institucional “destrua esta nação” se não for abordado.

E Obama elogiou Biden, que construiu uma grande vantagem nas pesquisas sobre Trump a menos de um mês do dia da eleição, como o “líder que tem o caráter e a experiência para acabar com esse caos”, chamando-o de um “Bom homem que entende as lutas das pessoas comuns”.

“Examine seus corações e sua consciência, e então vote em Joe Biden como se suas vidas dependessem disso”, disse ela.

Obama em grande parte manteve um perfil baixo nesta temporada de campanha, concentrando-se em seu grupo de registro de eleitores, Quando Todos Votamos. Ela falou sobre seu desgosto pela política e até menciona neste vídeo como “nunca foi minha praia”.

Mas ela é uma das mulheres mais populares da América e seu índice de aprovação é maior do que o de seu marido, o ex-presidente Obama.

Michelle Obama abre o vídeo martelando “o fracasso deste presidente em levar a sério esta pandemia”.

A ex-primeira-dama disse que Trump minimizou a importância do uso de máscaras e do distanciamento social e que estava “expondo conscientemente seus próprios apoiadores a um vírus perigoso” ao insistir em realizar comícios de campanha “massivos” durante a pandemia.

Trump foi liberado do Centro Médico Militar Nacional Walter Reed na segunda-feira, após três dias de tratamento para o coronavírus. Ele removeu a máscara ao retornar à Casa Branca e conduziu uma foto sem máscara na varanda da Casa Branca.

“Sete meses depois, ele ainda não tem um plano para o vírus”, disse Michelle Obama. “Sete meses depois, ele ainda não usa uma máscara de forma consistente e incentiva os outros a fazerem o mesmo – mesmo quando essas ações simples podem salvar inúmeras vidas. Em vez disso, ele continua a iluminar o povo americano agindo como se esta pandemia não fosse uma ameaça real ”.

Sobre a questão racial, ela disse que Trump é culpado de “incitar violência e intimidação” contra pessoas de cor que participaram de manifestações de justiça racial após a morte de George Floyd pela polícia.

Ela disse que os negros por muito tempo tiveram que conviver com a realidade de que muitas pessoas neste país “apenas nos vêem como uma ameaça a ser contida”.

“Racismo, medo, divisão – essas são armas poderosas e podem destruir esta nação se não lidarmos com elas de frente”, disse ela.

A ex-primeira-dama também defendeu Biden, dizendo que ele nunca ficou “cínico”, apesar das tragédias pessoais que enfrentou ao perder sua esposa e filha em um acidente de carro e mais tarde seu filho por câncer no cérebro.

Ela disse que, em contraste, Trump “dedicou sua vida para enriquecer a si mesmo, sua família e outras pessoas ricas”.

“Ele se gaba dos ganhos no mercado de ações, mas quando você olha para a vida das pessoas normais, seja criando empregos de colarinho azul … tornando os cuidados de saúde mais acessíveis … protegendo o meio ambiente … mantendo nossas famílias protegidas de violência armada – quanto mais o coronavírus – não há muito do que se gabar ”, disse Michelle Obama.

“Joe Biden viveu sua vida guiado por valores e princípios que refletem aqueles que a maioria dos americanos pode reconhecer. Eu conheço Joe … ele é um bom homem que entende as lutas das pessoas comuns. ”

%d blogueiros gostam disto: