Quando falamos de dinheiro, normalmente pensamos em maneiras de ganhar mais, de multiplicar a nossa renda, aplicar o dinheiro e ter grande rentabilidade. Até aí, tudo bem. Em princípio, não é um erro desejar multiplicar seus ativos financeiros. Quero, porém, destacar uma qualidade de fundamental importância para qualquer pessoa que queira ter sucesso com o dinheiro. Essa qualidade é a integridade.

Peço então que você me acompanhe pelo texto de Gênesis 6.9, que diz assim: Esta é a história de Noé. …Noé era um homem direito e sempre obedecia a Deus. Entre os homens do seu tempo, Noé vivia em comunhão com Deus.

Vamos tentar entender o que estava acontecendo na terra. As pessoas haviam se corrompido totalmente, a ponto de Deus desejar destruir todos os seres viventes. Uma situação terrível a ponto de Deus se arrepender de ter criado a humanidade.

Mas aí vem uma luz no fundo do túnel: um homem cha­mado Noé. Deus olhou do céu, procurou, procurou… e achou. Quem? Noé. Um homem justo. Um homem que andava com Deus. Não é fantástico?

Pois se você quiser ter sucesso com dinheiro, a base de tudo deve ser o seu caráter, a sua integri­dade. E por que bato nessa tecla? Porque muitas pessoas até podem ter habilidade na gestão do dinheiro, podem ser admi­nistradores que geram resultado, mas muitas acabam caindo em desgraça pelo fato de não terem um caráter aprovado por Deus

Por isso pergunto a você: Como está seu caráter? Você anda com Deus verdadeiramente? Eu me preocupo com isso porque sei que, se você não andar retamente, a queda pode ser grande, e as consequências, devastadoras.

Veja por exemplo o caso de Ananias e Safira, relatado na Bíblia em Atos, capítulo 6. Esse casal tentou agir com gene­rosidade, que é uma coisa boa. Venderam uma propriedade e levaram o dinheiro para Pedro. Mas não foram íntegros. Men­tiram sobre o preço. Qual foi resultado? Os dois morreram.

Por isso, quando o apóstolo Paulo escreve a Timóteo, ele ressalta a importância de andar retamente com Deus. Veja o que ele diz em 2 Timóteo 2.15: Faça todo o possível para conseguir a completa aprovação de Deus como um trabalhador que não se envergonha do seu trabalho, mas ensina correta­mente a verdade do evangelho.

Conclusão: Faça a você mesmo as seguintes perguntas: Será que faço o possível para Deus poder me aprovar? Tenho algo do qual tenha de me envergonhar na pre­sença de Deus? Manejo bem a Palavra de Deus? Avalie sinceramente cada uma de suas respostas e, caso haja falhas, procure corrigir isso logo. Não deixe para ama­nhã. Se não se sente capaz de resolver isso sozinho com Deus, procure ajuda e conselho de pessoas piedosas. Às vezes o caminho pode se longo e árduo. Mas valerá a pena — é o desejo de Deus.

Por Paulo de Tarso, pastor, engenheiro e mestre em Teologia.  Fundador do Ministério Finanças para a Vida, que ensina pessoas de todas as idades a administrar o dinheiro de acordo com a Bíblia. É autor dos livros “Sucesso Financeiro” e da série “Finanças em Ação”.

*   Guiame.

 

Facebook Comments
criação de site