[ad_1]


"Deus foi fiel e continua sendo até hoje", diz cristã sobrevivente de massacre na Nigéria

Em uma recente onda de ataques simult&acirc;neos, realizados pelos 'pastores Fulani' (mu&ccedil;ulmanos donos de terras),&nbsp;<strong><span style="color: #993300"><a style="color: #993300" href="https://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/se-nada-feito-cristaos-serao-apenas-historia-na-nigeria-diz-pastor-apos-massacre.html">mais de 200 crist&atilde;os foram assassinados na Nig&eacute;ria</a></span></strong>. Mais de 3.000 pessoas tamb&eacute;m foram expulsas ou fugiram de suas casas para sobreviver aos ataques, por&eacute;m nem mesmo isso tem sido suficiente para abalar a f&eacute; genu&iacute;na de muitos crentes na regi&atilde;o.

“Eu quero agradecer a Deus por nos ter salvo. Nós não acreditávamos que Deus nos manteria vivos até hoje, mas alguns de nós conseguiu escapar e chegar até este acampamento”, disse Mary Dung, que sobreviveu ao ataque que sua aldeia sofreu.

O depoimento foi coletado por uma equipe da Missão Portas Abertas, que visitou um acampamento formado por deslocados internos. A situação dos sobreviventes dos ataques é crítica no local.

A missão Portas Abertas dos Estados Unidos se encontrou recentemente com cristãos em dois acampamentos para prover mantimentos e apoio a cerca de 3.000 cristãos que perderam suas casas, mas sobreviveram à violência de grupos terroristas, como os Fulani.

“Nós dissemos a eles que há muita fome, faltam abrigos e roupas. Tudo foi destruído e no acampamento não há alimentos para comer”, explicou. “Nós agradecemos a Deus por usar vocês para nos trazer ajuda. Em apenas um dia vocês responderam ao nosso apelo”.

Mary acrescentou que o clamor dela e de tantos outros cristãos na Nigéria é que a comunidade internacional se una a eles em oração pelo fim deste genocídio.

“Pedimos que cristãos em todo o mundo orem para que Deus dê um fim a este massacre, porque nós temos nos tornado sem-teto, perdemos nossas famílias e estamos órfãos em meio a estes ataques”, destacou.

Neste momento, a necessidade na Nigéria e outros países da África é urgente, mas apesar da situação crítica, Mary afirmou que sua fé no poder de Deus para sustentar o Seu povo continua firme.

“Eu acredito que Deus nos céus cuidará de nós e certamente sempre olhará por nós, porque Ele sabe de todas as coisas. Ele é quem tem sido fiel no passado e continua sendo fiel hoje”, lembrou.



[ad_2]

Source link

criação de site