Take a fresh look at your lifestyle.

Biden afirma que não pretende fechar novamente as fronteiras por causa da nova variante

Diante da preocupação do mundo por causa da variante ômicron – identificada na África do Sul e em mais de 15 países – o presidente Joe Biden conversou com jornalistas sobre o assunto na noite de segunda-feira (29).

O presidente disse que, por enquanto, não pretende fechar fronteiras a estrangeiros – hoje as fronteiras estão fechadas para alguns países da África – e nem fazer lockdowns.

“A nova variante é motivo para preocupação e não para pânico. Não acreditamos que será preciso tomar medidas adicionais”, disse Biden. Caso seja necessária uma dose de reforço específica para a ômicron, os EUA vão acelerar o desenvolvimento dessas vacinas”.

Biden afirmou que a sua equipe está em contato com as empresas farmacêuticas que já têm vacinas contra a covid-19 para discutir quais medidas serão necessárias para combater a variante ômicron do coronavírus. O presidente ressaltou a importância da vacinação e do uso de máscaras.

O líder da nação parabenizou a África do Sul pela transparência do país ao lidar com a nova variante. Segundo Biden, é algo que deve ser aplaudido.

O presidente afirmou que as restrições a voos vindos dos países do Sul da África são necessárias para que os EUA tenham tempo para lidar com a variante. As restrições dão tempo, e mais cedo ou mais tarde a ômicron será registrada nos EUA, afirmou ele. Quando isso ocorrer, afirmou, o governo divulgará imediatamente.

“Mais cedo ou mais tarde essa variante vai ser identificada nos Estados Unidos. Vamos ter que enfrentar essa nova ameaça como nós enfrentamos as outras”, disse Biden na Casa Branca.

Achei USA / Zip Gospel

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais