Senado vota e reabre governo americano

508
Senado americano
Senado americano

A oposição democrata dos Estados Unidos anunciou ter aceito um projeto de lei de financiamento provisório, que começou a ser votada no Senado, para dar fim à paralisação parcial do governo federal, que chega ao seu terceiro dia nesta segunda-feira (22).



Time4VPS.EU - VPS hosting in Europe

O líder da minoria democrata no Senado, Chuck Schumer, disse que tinha chegado a um acordo com o líder da maioria republicana, Mitch McConnell, em troca de uma promessa de contemplar a regularização de milhares de imigrantes em situação ilegal que chegaram aos Estados Unidos quando eram crianças, conhecidos como “dreamers”.

“Depois de várias discussões, ofertas, contraofertas, o líder republicano e eu chegamos a um acordo”, disse Schumer pouco antes de ter início a votação-chave no Senado.

“Votaremos hoje para reabrir o governo para continuar negociando um acordo global com o compromisso de que, se não houver acordo até 8 de fevereiro, o Senado procederá imediatamente à consideração da legislação sobre o Daca (que regulariza a situação desses imigrantes)”, afirmou.

Até então, a oposição tinha se recusado a votar essa extensão temporária sem garantias sobre o futuro dos “dreamers”. O Daca, criado em 2012 pelo ex-presidente Barack Obama, foi revogado pelo presidente Donald Trump em setembro passado.

O projeto de lei para manter o financiamento do governo até 8 de fevereiro precisa de 60 votos para ser aprovado no Senado, que tem 100 membros. Isso significa que os republicanos, com maioria de um assento, precisam do apoio de vários democratas.

Se for aprovado no Senado, o projeto ainda terá que voltar à Câmara de Representantes, já que o texto foi modificado desde que a câmara baixa o aprovou na quinta-feira passada.

O “shutdown” do governo começou à meia-noite de sábado, levando milhares de funcionários federais a ficarem em casa, sem salário.

AFP

Facebook Comments

criação de site