Pergunte ao advogado: as dúvidas de imigração dos leitores

48


Envie sua pergunta para imigracao@acheiusa.com, que ela será respondida na medida do possível.

Caroline Dreyfus Esq, advogada com escritório em Miami (FL), telefone (305) 594-7696.


<

p class=”p2″>

Em 2015, tirei meu visto de turismo e fui para Flórida. Logo no primeiro mês acabei perdendo meu passaporte com meu visto. Fui até Miami e fiz um novo passaporte, mas acabei ficando por nove meses e voltei para o Brasil. Ano passado mandei uma carta para o consulado e um formulário preenchido falando sobre a perda do meu passaporte lá com o visto válido. Agora quero voltar aos EUA, vou tentar tirar o visto de turismo novamente e minha dúvida é: será que terei problemas para tirar um novo visto?

Caroline – Se você morou nos Estados Unidos depois de ter vencido sua estadia por menos de um ano, você precisa esperar três anos antes de solicitar um novo visto.

Estou interessado em abrir uma empresa de e-commerce nos EUA para a obtenção do visto E2, realizando vendas através da internet, como a Amazon. Com esse tipo de negócio pode ser possível a obtenção do visto E2?

Caroline – O visto E2 tem vários critérios. Por exemplo, você precisa ter um escritório físico.  Para mais informações, consulte um advogado.

Vou tirar visto de estudante para fazer inglês nos EUA. Como sei que não posso trabalhar, gostaria de saber se comprar produtos americanos (como roupas, por exemplo) e enviá-las para o Brasil é uma violação às leis americanas. Estarei cometendo algum crime, mesmo sem trabalhar para nenhum americano?

Caroline – Se você está comprando e enviando produtos para o Brasil legalmente (declarando os produtos), você não estará cometendo um crime.  Você só não pode trabalhar/receber um salário de uma empresa nos Estados Unidos.

Moro em Niterói, RJ, e obtive meu green card por intermédio do meu pai em 2000. Foi a última vez que fui para Miami.  Gostaria de saber se há alguma possibilidade de recuperar meu green card e qual seria o procedimento adequado? Devo ir ao consulado aqui para obter informações, ou tentar tão somente o visto?

Caroline – O melhor a ser feito é você ir ao consulado para ver se há a possibilidade de recuperar sua residência.  Sem mais informações sobre seu caso, não posso dar uma resposta, mas o consulado pode fornecer informações sobre suas opções.

Meu namorado é americano e iremos nos casar nos EUA. Estou indo de vez com minha filha menor (autorização do pai dela que é brasileiro). Vou com visto de turista e ela com seu passaporte italiano, por ter dupla cidadania. Haveria algum problema em casar e dar entrada nos EUA para a mudança de status? Vou morar na Carolina do Sul. 

Caroline – A maneira legal seria aplicar para o K1, estando no Brasil.  A lei não permite uma pessoa entrar como turista com a intenção de casar.  Porém, se você vem para os Estados Unidos só para visitar seu namorado, e depois de três meses decidir que quer casar, pode fazer a solicitação dentro dos Estados Unidos. Essa situação é bem delicada, aconselho você consultar um advogado para informações mais detalhadas. 

Em 2004, entrei ilegalmente nos EUA pelo México. Em 2009 retornei ao Brasil por vontade própria. Agora quero voltar a passeio. O fato de ter entrado ilegalmente há vários anos, dificultaria o visto de turista para mim?

Caroline – Se você morou nos Estados Unidos por mais de 180 dias sem autorização, você precisa esperar 10 anos antes de solicitar um novo visto. No ano de 2019, você pode entrar com um pedido para um visto. É muito importante falar a verdade na entrevista, mesmo que nunca tenha sido pego pela Imigração enquanto morava nos Estados Unidos.

Namoro um americano há quase 3 anos à distância, já fui visitá-lo quatro vezes. Gostaríamos de nos casar ano que vem da maneira mais fácil possível. Sei que existe o visto K1, que é demorado e exige documentos e entrevistas. Também sei que muitas pessoas entraram nos EUA com visto de turista, se casaram e fizeram o ajuste de status. Gostaria de saber se eu teria problemas caso eu decida usar a segunda opção: entrar com visto de turista, permanecer uns 3 meses com o visto de turista, casar e realizar o ajuste de status pedindo para ser residente permanente. Muita gente diz que dá certo por esse método, mas gostaria de uma opinião profissional.

Caroline – A maneira legal seria aplicar para o K1.  Porém, se você vem para os Estados Unidos para visitar seu namorado, e depois de três meses você decide que quer casar, você pode aplicar dentro dos Estados Unidos.



Source link

Facebook Comments

criação de site