Pastor morre abraçado ao púlpito durante erupção vulcânica na Guatemala

34




Pastor morre abraçado ao púlpito durante erupção vulcânica na Guatemala

<span style="font-weight: 400">A erup&ccedil;&atilde;o do Vulc&atilde;o de Fogo na Guatemala deixou milhares de pessoas evacuadas, 46 feridos e ao menos 75 mortos at&eacute; o momento. Dentre eles est&aacute; um pastor que foi encontrado em sua igreja e outros dois l&iacute;deres crist&atilde;os da regi&atilde;o.</span>

O pastor Camilo Pamal morreu abraçado ao púlpito da Igreja Missionária da aldeia El Rodeo Los Lotes. Apenas duas pessoas de sua família sobreviveram aos danos causados pela erupção vulcânica, de acordo com Marly De Armas, porta-voz do ministério Casa de Deus.

Os sobreviventes da família do pastor estão sendo acompanhados por uma psicóloga identificada como Martha. Mesmo sendo católica, ela afirmou ter visto “empatia e amor das pessoas quebrando as barreiras religiosas desnecessários que o mundo colocou”.

Atualmente, o ministério da Casa de Deus está recrutando equipes de resgate e psicólogos para atender os abrigos onde as pessoas estão em estado de choque. “Ela olham para você e não conseguem falar”, relata o pastor Cash Luna.


Resgatistas buscam sobreviventes ou mortos em San Miguel Los Lotes, na Guatemala. (Foto: Reuters/Luis Echeverria)

O número de desaparecidos devido à erupção do Vulcão do Fogo ainda não foi fechado. A tragédia deixa 3.271 evacuados e 1.877 abrigados nos departamentos de Escuintla (sul), Sacatepéquez (oeste) e Chimaltenango (oeste), que são os mais afetados pela erupção vulcânica, segundo a Coordenadoria para a Redução de Desastres (Conred).

No domingo, o Vulcão de Fogo, que fica a 3.763 metros de altura, situado a cerca de 50 km da capital, teve a sua mais forte erupção desde 1974. Mais de 3 mil tiveram que deixar suas casas e 1,7 milhão de pessoas foram afetadas.

Uma forte explosão estremeceu novamente nesta terça-feira (5) as zonas devastadas pela erupção e obrigou as equipes de resgate a interromperem as operações. Sete comunidades foram esvaziadas pelo aumento da atividade vulcânica.

A cinza lançada pelo monte atingiu os 10.000 metros de altura acima do nível do mar e cobriu várias cidades. Imagens do desastre mostram corpos no chão, assim como veículos e casas destruídos pela erupção.





Source link

Facebook Comments

criação de site