Mulher diz que foi livrada de assalto com a ajuda de um "anjo"

49




Mulher diz que foi livrada de assalto com a ajuda de um "anjo"

<span style="font-weight: 400">Voltando para casa depois de ficar at&eacute; mais tarde no trabalho, a autora norte-americana Angela Hunt, 60 anos, sofreu uma tentativa de assalto, mas foi protegida do criminoso com a ajuda de um "anjo".</span>

Angela estava indo ao local onde estacionava seu carro, mas caminhava atenta pois estava sozinha em uma rua escura. “Até que, de repente, cerca de 20 metros à frente de mim, um homem parou e bloqueou o meu caminho”, ela contou ao site Charisma News.

Ela não percebeu de onde ele tinha saído e sentiu medo. “Seus olhos brilhavam com ameaça, embora ele estivesse sorrindo para mim. Ele carregava um espanador de couro marrom e o abriu, como se estivesse me mostrando que não tinha armas. Ele começou a andar em minha direção”, relata.

“Não havia mais ninguém por perto. Nenhum carro estava passando. Até as luzes da rua pareciam fracas, e de repente percebi como a noite era escura”, Angela lembra. “Eu pensei comigo mesmo: corra! Mas eu não fiz nada além de ficar parada, congelada em meu próprio estado de choque, vendo este homem sorrir para mim”.

Quando imaginava o pior, Angela viu outro homem surgir repentinamente. “Eu pensei: de onde ele veio? Não havia nada além de uma parede de tijolos à frente. Ele colocou os braços nos ombros do outro homem, e disse baixinho: ‘Você não quer fazer isso’, enquanto empurrava o homem contra a parede”, ela lembra.

Movida por seus instintos de sobrevivência, Angela saiu correndo em direção ao estacionamento. Curiosa para saber o desfecho da situação, ela resolveu olhar para trás. “Não havia nada naquele espaço além de uma calçada vazia”, disse ela, espantada. “Olhei para todos os lugares que eles poderiam ter ido, mas a única saída poderia ser a rua. E não havia ninguém lá”.

Sentindo medo de investigar o paradeiro dos homens, Angela entrou em seu carro. “Eu sentei um pouco, respirando com dificuldade, e me lembrei dos olhos daquele homem. Eu nunca vi o rosto do outro homem. Ele estava de costas para mim. Mas sua voz era tão calma”, conta a autora.

Momentos depois, Angela foi tomada pela certeza de que havia sido livrada por um anjo. “Enquanto eu dirigia pela noite, eu acreditava com todas as forças que eu tinha visto o meu primeiro anjo”, disse ela. “O que o outro homem era, quem poderia saber?”





Source link

Facebook Comments

criação de site