John Piper: "Deus não te chama para ser dono, mas sim administrador do seu dinheiro"

97




John Piper: "Deus não te chama para ser dono, mas sim administrador do seu dinheiro"

A chave para administrar o dinheiro como crist&atilde;o &eacute; perceber que nada disso &eacute; realmente seu - que Deus &eacute; o dono de tudo, diz o<strong><span style="color: #993300"><a style="color: #993300" href="https://guiame.com.br/gospel/mundo-cristao/so-se-submeta-ao-seu-pastor-se-ele-submisso-biblia-diz-john-piper.html"> te&oacute;logo John Piper</a></span></strong>.

Os planejadores financeiros cristãos deveriam pensar diferentemente da visão americana deformada da aposentadoria, explicou o pregador em um episódio de segunda-feira da série “Pergunte ao Pastor John” do site ‘Desiring God’, onde ele respondeu a uma pergunta de um homem que estava pensando em se tornar um consultor financeiro.

O homem, que disse ter sido deixado de lado por perspectivas ímpias sobre a aposentadoria na sociedade o suficiente para lhe dar uma segunda opinião sobre a profissão, perguntou se um cristão pode, com a consciência limpa, ajudar as pessoas a planejar uma típica aposentadoria americana.

Piper respondeu que ele acredita fortemente no bom planejamento financeiro, referenciando as palavras de um planejador financeiro que resumiu sua carreira de 30 anos naquele campo com uma frase: “Deus é o dono de tudo”.

“Em outras palavras, isso não é seu. Seu dinheiro não é seu – ponto final”, disse Piper.

“O que coloca você em uma posição muito, muito precária. É de Deus, e você tem isso no seu banco e no seu bolso. Cuidado. Você pode se tornar um ladrão ou um mau administrador. Deus lhe deu a habilidade para ganhar esse dinheiro. É por isso que cometemos erros e achamos que é nosso. Ele está chamando você para ser um mordomo – um administrador, não um dono do que você ganha. Ele está chamando você para administrá-lo para os propósitos Dele, não para seus propósitos particulares”, acrescentou.

Ele continuou a explicar que, seja em moedas, notas em papel ou transações on-line, o que importa é como os cristãos usam essa moeda.

“O fato de você negociar significa o que você valoriza”, disse ele. “Portanto, o dinheiro se torna um meio de adoração, testemunho e amor – ou egoísmo. Podemos colocar fora de nossas mentes quaisquer pensamentos de que dinheiro é intrinsecamente mau. É intrinsecamente perigoso, porque Jesus disse que é difícil para os ricos entrarem no Reino do céu”.

Enquanto o dinheiro pode ter poder significativo para corromper, quando usado corretamente e informado por valores e preferências piedosas, ele pode se tornar uma ferramenta para mostrar maior consideração por Deus, disse ele.

Ele encorajou o jovem a se tornar um planejador financeiro precisamente por causa das abordagens e atitudes dos ímpios americanos em relação a isso na sociedade.

“O próprio fato de que existe uma perspectiva distorcida sobre a aposentadoria, mesmo entre cristãos, é uma razão para se tornar um planejador financeiro – um planejador financeiro cheio de inspiração da Bíblia. Essa é uma razão para se tornar um, e não uma razão para não se tornar um – a menos que você não tenha convicção ou espinha dorsal”, alertou.

“As pessoas precisam de ajuda. Pessoas ricas precisam de ajuda. Elas parecem poderosas, mas precisam de ajuda. Elas precisam ser libertadas das suposições de nossa cultura”, destacou.

Um planejador financeiro cristão deve ajudar as pessoas a imaginarem como seria a aposentadoria de um ponto de vista claramente cristão, ressaltou.

“Seu objetivo não é aconselhar uma típica aposentadoria americana. Você quer que as pessoas se libertem disso. Você encorajará as pessoas a não priorizar os jogos e o lazer, mas priorizar a adoração a Deus e o ministério”, concluiu Piper.





Source link

Facebook Comments

criação de site