Coreia do Sul proíbe envio de Bíblias ao Norte para não “atrapalhar” acordo de paz

116


Time4VPS.EU - VPS hosting in Europe




Coreia do Sul proíbe envio de Bíblias ao Norte para não “atrapalhar” acordo de paz

<span style="font-weight: 400">Em consequ&ecirc;ncia &agrave;s </span><span style="color: #800000"><a style="color: #800000" href="https://guiame.com.br/gospel/noticias/qualquer-um-pode-fazer-guerra-mas-so-corajosos-fazem-paz-diz-trump-kim-jong-un.html"><strong>negocia&ccedil;&otilde;es de paz</strong></a></span><span style="font-weight: 400"> entre a Coreia do Sul, Estados Unidos e Coreia do Norte, os minist&eacute;rios crist&atilde;os foram proibidos de continuar lan&ccedil;ando </span><span style="color: #800000"><a style="color: #800000" href="https://guiame.com.br/gospel/mundo-cristao/baloes-com-paginas-da-biblia-sao-enviados-cristaos-perseguidos-da-coreia-do-norte.html"><strong>bal&otilde;es como t&aacute;tica para enviar partes da B&iacute;blia</strong></a></span><span style="font-weight: 400"> aos norte-coreanos.</span>

Há 12 anos, ministérios sul-coreanos enviam balões de gás hélio repletos de páginas da Bíblia para serem lançados na fronteira com a Coreia do Norte. No entanto, o governo da Coreia do Sul vetou a ação dos missionários para não colocar em risco as negociações de paz com o país vizinho.

“Nós enfrentamos restrições temporárias para o lançamento dos balões, mas está bem claro que desta vez as restrições são diferentes. O governo emitiu uma proibição abrangente do lançamento de balões”, disse Eric Foley, missionário da organização Voz dos Mártires.

“Por muitos anos em nosso trabalho, o governo sul-coreano disse: ‘Espere, não faça nada para incomodar a Coreia do Norte’. E agora, infelizmente, a comunidade internacional está apoiando essa lógica”, revelou Foley ao site Mission Network News na segunda-feira (25).

Autoridades do governo também proibiram o lançamento de balões na Coreia do Norte que possuam panfletos com informações sobre o mundo exterior, de acordo com o jornal Korea Times.

Alguns desertores da Coreia do Norte, como Park Sang-hak, fundador da organização Fighters for Free (Guerreiros da Liberdade), contam que os cidadãos norte-coreanos não conhecem outras realidades, sendo expostos apenas à propaganda da Coreia do Norte.

“Se nós, desertores norte-coreanos, pudéssemos escrever cartas, telefonar para nossos familiares no Norte ou entrar em contato com eles pela internet, não teríamos que enviar mensagens e pequenos presentes dentro dos balões”, disse Park.


Cristãos da Coreia do Sul são impedidos de enviar balões com Bíblias aos norte-coreanos. (Foto: Reprodução)

De acordo com Foley, este é “um momento particularmente perigoso para os cristãos na Coreia do Sul do Norte, porque a agenda está sendo definida pelo governo em termos de ministério. E sabemos, historicamente, que governos que definiram agendas para missões não foram bem para a igreja”.

Diferentes ministérios e organizações têm realizado os lançamentos de balões para a Coreia do Norte ao longo dos anos — utilizando até mesmo a tecnologia GPS para rastrear a taxa de sucesso da iniciativa.

Jung Kwang-il, fundador do grupo No Chain, anunciou em setembro de 2017 que milhares de pen drives com Bíblias, doados por universitários e estudantes do ensino médio dos EUA, caíram com sucesso na região do Monte Kŭmgang, na costa leste da Coreia do Norte.

“Na história recente, tivemos manifestações sociais como a Revolução de Jasmim e a Primavera Árabe. Como é que nada disso acontece na Coreia do Norte? A razão é simples: porque o país é tão fechado quanto a informação. As pessoas não sabem que sua situação é realmente terrível. Queremos quebrar essa ignorância”, explicou Jung.





Source link

Facebook Comments

criação de site