Cobra de quase cinco metros é capturada em Everglades

62


Time4VPS.EU - VPS hosting in Europe

 

Há cerca de 100 mil pítons birmanesas no Everglades (foto: United States Fish and Wildlife Service)

Uma píton birmanesa de quase cinco metros de comprimento foi capturada no Parque Nacional de Everglades no domingo, dia 7 de julho. A cobra, uma das maiores e mais perigosas do mundo, é considerada uma ameaça à região, pois se alimenta basicamente de outros animais, como porcos selvagens e até mesmo cervos, o que causa transtornos ao equilíbrio do ecossistema.

O réptil foi encontrado por dois trabalhadores rurais, que imediatamente acionaram o ambientalista Ron Bergeron. Ele removeu a fêmea, que estava junto a mais de 50 ovos. Cerca de 35% dos ovos de uma píton amadurecem até a idade adulta.

Em abril deste ano, pesquisadores do Big Cypress National Preserve, em Everglades, capturaram uma outra píton de 5,2 metros de comprimento e 64 quilos. Apesar de ser menor, a serpente capturada no último fim de semana é 25 quilos mais pesada.

Vale lembrar que o estado da Flórida declarou guerra contra esta espécie de cobra, que não é venenosa. Os ambientalistas recebem recompensa em dinheiro para cada réptil capturado e usam cães farejadores e radiotransmissores na busca pelos seus esconderijos. Cerca de 100 mil pítons birmanesas vivem em Everglades e, acredite, elas chegaram ao sul da Flórida no início da década de 80, trazidas da Ásia, como animais de estimação. Por não terem predadores naturais, as cobras se multiplicaram, e hoje os números são alarmantes.

 

Acheiusa/Zipgospel

Facebook Comments

criação de site