Orlando aprova resolução que impede polícia de questionar status imigratório

173


Time4VPS.EU - VPS hosting in Europe


As organizações pró-imigrantes de Orlando (FL) tiveram uma grande vitória esta semana com a aprovação do Trust Act Policy, que impede funcionários públicos municipais – incluindo policiais – de questionar o status imigratório de qualquer cidadão, inclusive estrangeiros.

A reunião do City Council ficou completamente lotada de militantes da causa imigratória. Depois da aprovação, houve uma grande comemoração no local.

Isso quer dizer que se um indivíduo for parado por uma lâmpada quebrada e estiver sem a carteira de motorista, ele não será reportado ao ICE. Mesmo caso de testemunhas ou vítimas de crimes que têm medo de denunciar os crimes por estar indocumentado. “Este é um dia histórico, estou muito emocionada. Quando eu digo que estamos fazendo história, não estamos apenas fazendo história, estamos do lado certo da história”, disse Rasha Mubarak, diretor da Trust Orlando Coalition, uma organização pró-imigrantes.

A resolução formalmente denominada ‘All Trust Act Policy’ teve o apoio de dezenas entidades e ONGs de áreas diversas.

“Se você simplesmente reportar um crime ou for parado no trânsito, não será entregue ao ICE e não estará sujeito à deportação”, disse o prefeito Buddy Dyer, do Partido Democrata. “O Departamento de Polícia de Orlando não tem nada a ver com a aplicação da legislação imigratória. Não estamos protegendo criminosos, mas não estamos procurando pessoas com base em seu status imigratório”.

Wendy Doromal, presidente de uma associação de professores da região, comemorou a aprovação da resolução. “Nossas portas precisam estar abertas para qualquer pessoa independentemente de seu status imigratório, religião, sexo, idioma, raça, gênero ou país de origem”, disse.

Orlando não é considerada uma ‘cidade-santuário’

O commissioner Tony Ortiz, defensor da medida, deixou claro que Orlando não passa a ser denominada ‘cidade-santuário’ – cidades que protegem imigrantes indocumentados – mas o objetivo é evitar que imigrantes indocumentados sejam discriminados por seu status. Ele ressaltou que a cidade não pretende violar leis federais. 

Com o Trust Act, Orlando se junta a cidades como Boston, Philadelphia e Chicago.

A beneficiária do DACA – Deferred Action for Childhood Arrivals – Karen Caudillo disse que a resolução chega como um alívio para os imigrantes. “Não tenho palavras para expressar minha gratidão. Agora posso ir ao supermercado, escola, ao médico e não vou ficar com medo de ter meu status imigratório questionado. E nem ter medo de ser mandada de volta a um país que eu nunca estive”, ressaltou.  (Com informações do Orlando Sentinel). ν



Source link

Facebook Comments

criação de site