Sete bebês nascidos na Florida foram infectados pelo zika vírus

0
65
Sete bebês nascidos na Florida foram infectados pelo zika vírus
Sete bebês nascidos na Florida foram infectados pelo zika vírus
Sete bebês nascidos na Florida foram infectados pelo zika vírus
Sete bebês nascidos na Florida foram infectados pelo zika vírus

No segundo ano consecutivo de combate ao zika vírus na Flórida, dentre as consequências das infecções particularmente entre as mulheres grávidas, estão sete bebês que nasceram com complicações neurológicas pelo vírus, conforme informações das autoridades de saúde na terça-feira, 30.

O primeiro caso de bebê nascido com problemas foi relatado em junho do ano passado. O governador Rick Scott liderou na última terça-feira, 30, uma discussão sobre preparação de combate ao mosquito e à doença com funcionários do estado no Departamento de Saúde do Condado de Orange. “Todo o foco do controle da doença está no combate aos mosquitos para que assim possamos proteger as mulheres grávidas e crianças”, disse.

O cirurgião-geral do estado, Dr. Celeste Philip, que acompanhou Scott, não revelou onde vivem os bebês afligidos para proteger sua privacidade e salientou que o estado contratou pessoal a mais para ajudar as famílias.

De acordo com o departamento estadual de saúde, mais de 340 mulheres grávidas foram infectadas com zika desde o ano passado. O estado não revelou se as mulheres foram infectadas localmente ou viajando para o exterior e quantas já deram à luz.

Nem todos os bebês expostos ao vírus Zika no útero desenvolvem complicações neurológicas. Uma análise nacional recente mostrou que cerca de 10% dos bebês foram afetados.

Até então, houve menos relatos de casos relacionados a viagens este ano em comparação com o ano passado, embora seja muito cedo para dizer se isso é uma indicação do que se pode ocorrer nos próximos meses.

A orientação das autoridades de saúde para combater os mosquitos que carregam o vírus permanece: eliminar focos de água parada em casa e na rua, usar repelentes e roupas protetoras.

Sun Sentinel

Comentário

Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA